A atriz Bel Kutner (de “Oportunidade Rara”) fará uma leitura dramática do texto “Hilda e Freud”, de Antonio Quinet, no Midrash Centro Cultural, no Leblon. A sessão está marcada para segunda (1º/6), às 20h30, com entrada gratuita. A obra em processo é baseada nos escritos e nas correspondências da poeta Hilda Doolittle (1886-1961) sobre sua psicanálise com Sigmund Freud.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O texto é assinado por Antonio Quinet, que está no elenco com Bel Kutner. Ele é fundador da Cia. Inconsciente em Cena, que cria e apresenta espetáculos baseados em pesquisas sobre a relação do teatro com a psicanálise. O grupo já montou “O Sintoma – Variações Freudianas 1” e “O Ato – Variações Freudianas 2”.

“Hilda e Freud”, o novo projeto, trata dessas figuras do título. Os textos de Hilda Doolittle são até hoje o mais importante testemunho sobre a prática da psicanálise efetuada por Freud. Na peça, Hilda faz uma visita póstuma à casa do Freud em Londres e relembra os momentos fortes de sua análise com ele, quando esteve em Viena, em 1933. O espectador acompanha a viagem dela, os traumas deixados pela 1ª Guerra Mundial, seus amores, medos, sonhos e alucinações.