Bruno Ahmed fará assistência de direção de Conto das Estrelas

(Foto: Beto Gatti)

(Foto: Beto Gatti)

O ator Bruno Ahmed, em turnê com a peça “Comum de Dois”, vai fazer a assistência de direção da peça “Conto das Estrelas” (anteriormente intitulada “Estrelas Tortas”). O espetáculo está sendo desenvolvido pelo Grupo Itinerante, do qual ele faz parte, e terá texto e direção de Rhommel Bezerra (também de “Comum de Dois”), inspirado no livro de Walcyr Carrasco. Além desse, Bruno também está envolvido no projeto da nova montagem de “Espatódea”, no qual estará em cena.

Por hora, no entanto, ele se dedica a “Comum de Dois”, que faz duas apresentações no Teatro Carequinha, em São Gonçalo, nesta semana. Será a primeira vez que o elenco contracenará com ator Rafael Morpanini (de “O Beijo na Terra”), que entrou na vaga deixada pela saída de André Jotha (de “Os Intrusos”). “Estamos correndo contra o tempo para preparar novamente o espetáculo, pois essa mudança exige novas reflexões e entendimento de personagem para o novo ator e muito ensaio”, Bruno Ahmed conta ao Teatro em Cena, satisfeito por fazer parte do Grupo Itinerante. “É sensacional. Um lugar onde posso criar, experimentar, reinventar, estudar e falar de arte”.

“Comum de Dois” existe desde 2012, e já passou por outras reformulações em seu elenco. A peça levanta questões sobre o amor por meio de um triângulo amoroso e uma paixão sufocada pelo autocontrole e pela convenção social. Na trama, uma caixa trancada por muito tempo é descoberta e, uma vez aberta, muda a percepção de todos os personagens: o que antes era frio e enigmático se torna triste, amargo e penoso. “A cada apresentação, experimento algo novo e descubro sensações novas, caminhos para meu personagem percorrer, tempo das falas e intenções”, ressalta Ahmed.

Recentemente, o ator fez participações bem pequenas em novelas da TV Globo, como “Em Família” e “Império”. Questionado se deseja enveredar sua carreira para essa plataforma, ele desconversa. “Não tenho esse foco. Gosto de atuar em bons trabalhos, que me desafiem e me deem novas oportunidades. Quando acontece, acho ótimo”.