A atriz Carolina Ferraz (de “Três Dias de Chuva”) não vai mais fazer a peça “Depois do Amor”, sobre o reencontro de Marilyn Monroe (1926-1962) e uma amiga traída por ela. Carolina faria Margot, a assistente de figurino que perdeu o namorado para Marilyn e teve que trabalhar com a estrela novamente dez anos depois em um filme. A história chegará ao palco no dia 7 de janeiro, no Teatro Vannucci, no Shopping da Gávea, com Danielle Winits (de “O Cachorro Riu Melhor”) e Maria Eduarda de Carvalho (de “Atrás da Porta”) no elenco.

Carolina Ferraz não está mais em "Depois do Amor" (Foto: Divulgação)
Carolina Ferraz não está mais em “Depois do Amor” (Foto: Divulgação)
(Foto: Reprodução / Facebook)
(Foto: Reprodução / Facebook)

Segundo a assessoria do espetáculo, Carolina se afastou por “um problema de agendas”. Ela vinha ensaiando com Danielle, sob direção de Marília Pêra (1943-2015) até novembro, e chegou a fazer as fotos de divulgação. Mas não esteve em nenhuma apresentação. Antes da temporada no Rio, “Depois do Amor” fez sessões-teste em turnê, estreando no dia 5 de dezembro, no Teatro Amazonas, em Manaus, justamente no dia da morte de Marília. Apesar de anunciada no material de divulgação e no site de venda de ingressos, Carolina não embarcou para a apresentação. Ela foi substituída por Sara Freitas em Manaus e Belo Horizonte.

“Depois do Amor” tem co-produção da própria Danielle Winits com Cássia Vilasbôas e Fernando Duarte, os mesmos de “Callas”. Esse é o último trabalho da Marília Pêra no teatro, como diretora. “Ela estava com a saúde debilitada e ainda assim fez questão de montar o espetáculo até o final, e eu acho que isso faz toda a diferença. Eu vou ter a força dela para começar essa trajetória que ela traduziu tão bem dentro da genialidade dela”, diz Danielle.

Danielle Winits é a protagonista (Foto: Lúcio Luna)
Danielle Winits é a protagonista (Foto: Lúcio Luna)
Maria Eduarda De Carvalho: substituição antes da estreia (Foto: Lúcio Luna)
Maria Eduarda De Carvalho: substituição antes da estreia (Foto: Lúcio Luna)

Baseada na história real de Marilyn, a peça se passa em 1962, nos bastidores do filme “Something’s Got to Give”, que ficou inacabado porque a atriz morreu antes do término das filmagens. Na época, ela não apareceu nos primeiros 16 dias de trabalho e, quando deu as caras, estava alguns quilos mais magra. Por isso, o estilista Jean Louis enviou sua assistente, Margot, para ajustar os figurinos. O problema é que Marilyn e Margot eram velhas conhecidas. Dez anos antes, tinham sido amigas, mas o namorado de Margot, Joe DiMaggio, havia se apaixonado pela estrela de Hollywood e trocado a figurinista pela atriz. Marilyn e Joe ficaram nove meses casados, e Margot perdeu o namorado e a amiga.

_____
SERVIÇO: qui a sáb, 21h30; dom, 20h. R$ 80. Classificação: 12 anos. De 7 de janeiro até 6 de março. Teatro Vannucci – Shopping da Gávea – Rua Marquês de São Vicente, 52, 3º andar – Gávea. Tel: 2274-7246.