Marcos Caruso é mais conhecido como ator, claro. Mas é também autor (quem não se lembra do enorme sucesso de “Trair e Coçar É Só Começar”?) e diretor. Atualmente, ele está em cartaz com dois espetáculos, ocupando a direção: “Selfie”, no Teatro do Leblon, e “Família Lyons”, no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana. Mesmo assim, ele diz: “Não me considero um diretor”. Ele prefere o termo direcionador.

Marcos Caruso com elenco de "Família Lyons" (Foto: Paula Kossatz)
Marcos Caruso com elenco de “Família Lyons” (Foto: Paula Kossatz)

A declaração está impressa no programa de “Família Lyons”. Mas ele explica. “Sou um homem de teatro, que joga em inúmeras posições. Gosto de me meter, de saber o que não sei, de passar a frente o que aprendi, de ser detalhista e exigente, de interferir onde não sou chamado”, comenta. “Talvez por isso tenha me tornado ator, autor, cenógrafo, figurinista, produtor e diretor. Quantas peças eu dirigi da poltrona da plateia, vendo espetáculos co os quais eu não concordava!”.

Com 63 anos de idade, Caruso tem mais de 40 de profissão. Sua história é conhecida: trocou o diploma de bacharel em Direito pelas artes cênicas. Seu currículo conta com grandes trabalhos na TV e no cinema, mas ele não esconde que seu grande barato é o teatro. Com “Família Lyons”, dirige um texto de Nicky Silver, e curte a experiência. “Reverencio um grande, enorme, gigantesco colega! Um cara que me pegou na contramão daquilo que gostaria de dizer no teatro. E, por essa via, acabei dizendo o que queria”.

O espetáculo, como o título indica, acompanha essa família Lyons, que se reúne na expectativa da morte do patriarca. Além da esposa, há os filhos Lisa, uma alcoólatra, que acaba de sair de um relacionamento abusivo, e Curtis, que é gay e tem muito pouco em comum com o pai, que é homofóbico. No leito de hospital, um cobra do outro o que não recebeu, e cobra de si mesmo aquilo que não tem condições de dar.

_____
FAMÍLIA LYONS: sex a seg, 20h. R$ 30. 90 min. Classificação: 14 ano. De 15 de maio até 29 de junho. Teatro Glaucio Gill – Praça Cardeal Arcoverde, s/nº – Copacabana. Tel: 2332-7904.