O diretor de teatro Daniel Herz, da Cia. Atores de Laura, tem um projeto grande para este ano. Ele está acertado para dirigir a ópera russa “Mozart e Salieri” no Theatro Municipal, em setembro. Essa é uma ópera de um ato, que conta a história de uma famosa lenda da música clássica: o envenenamento de Mozart por Salieri, por pura inveja de seu trabalho.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A obra tem libreto de Alexander Pushkin (1799-1837) e composição de Nikolai Rimsky-Korsakov (1844-1908). Ela data de quase 120 anos atrás, e se passa durante um jantar no qual Mozart se mostra atormentado com a criação do seu “Réquiem”, e termina morto por envenenamento. Vários biógrafos rechaçam a teoria do assassinato, mas ela passa como lenda urbana de geração para geração de fãs de música de clássica.

Não será o primeiro contato de Daniel Herz com Mozart. Em 2014, ele dirigiu o musical “As Bodas de Fígaro”, baseado na ópera homônima do compositor. A peça ganhou o Prêmio APTR de melhor atriz (Solange Badim) e o Prêmio Cesganrio de melhor atriz, direção musical (Leandro Castilho).