A peça “Camille e Rodin”, protagonizada por Melissa Vettore (de “Segredo Entre Mulheres”) e Leopoldo Pacheco (de “Maria do Caritó”), chega ao Rio de Janeiro nesta semana, depois de quase dois anos em cartaz em São Paulo. A montagem inicia sua temporada carioca de um mês, na sexta (14/3), no Teatro Maison de France, junto com uma programação especial no local, incluindo cinema e debate.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Haverá uma exposição de fotos permanente do espetáculo, feitas por Alê Catan, em comemoração às suas 200 apresentações. Além disso, no dia 24, ocorrerá a exibição dos filmes “Camille Claudel”, com Gérard Depardieu, às 18h, e “Camille Claudel, 1915”, com Juliette Binoche, às 20h. Os longas terão entrada franca, com distribuição de senhas uma hora antes. Já no dia 29, depois da sessão da peça, ocorrerá um debate com os atores, com duração prevista de 40 minutos.

O espetáculo acompanha a história de amor e disputa entre o escultor Auguste Rodin e sua aluna Camille Claudel, que quebrou as normas de conduta do século XIX para se tornar uma artista grandiosa. O texto é do Franz Keppler (de “Córtex”) e a direção da montagem ficou a cargo de Elias Andreato (de “Andaime”).

Serviço
Teatro Maison de France
Avenida Presidente Antonio Carlos, 58 – Centro – Telefone: 2544-2533.
Dias e horários: Quinta e sexta às 20h / sábado às 21h / domingo às 19h.
Preço: Quinta e sexta, R$ 40. Sábado e domingo, R$ 60.
Duração: 75 minutos.
Classificação etária: 12 anos.