(Foto: Arthur Germano)
Lua Blanco é cantora e atriz, e está na TV como parte do elenco do programa “PopStar”.

Um espetáculo em cartaz: “Tragam-me a Cabeça de Lima Barreto”, de sex a dom, 19h, no CCJF, até o dia 11/11. Muito poderoso! Todos têm que ver!
[Monólogo com ator Hilton Cobra, dirigido por Fernanda Julia. Inspirado na obra de Lima Barreto, principalmente em “Diário Íntimo” e “Cemitério dos Vivos”]

Um filme: “Era o Hotel Cambridge” (2016). Filme impactante e muito realista sobre a realidade dos sem teto no país.
[Drama de Eliane Caffé, que acompanha a chegada de recém-refugiados no Brasil, abrigando-se em um edifício abandonado onde já há um grupo de sem-tetos. Vencedor de três troféus no Festival do Rio e de um Prêmio APCA]

Um livro: “Feminismo em Comum”, de Márcia Tiburi. Para todas, todes e todos!
[Publicado neste ano, é o primeiro livro da escritora e filósofa sobre o feminismo, buscando afastar-se de modismos e discursos prontos]

Para ver na TV: “PopStar”. Domingos às 12:45 na Globo, apresentado pela Taís Araújo, com um elenco ma-ra-vilhoso. Super indico.
[Concurso musical com artistas famosos, mas não conhecidos exatamente pela faceta de cantores. Lua Blanco é uma das candidatas]

Um artista para ouvir: Bia Ferreira. Sou apaixonada pelo som, a voz, a mensagem e a atitude dela. Essa mulher tem algo importante a dizer.
[Cantora, rapper e multi-instrumentista, ela mescla estilos como jazz, blues, soul e MPB. Ouça aqui!]

Um programa barato: maratona no Netflix com uma pipoquinha caseira. (Séries que indico: “Grey’s Anatomy”, “House of Cards”, “3%” e “Bojack Horseman”)