Dramaturgo Naum Alves de Souza morre aos 73 anos

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

A classe artística sofreu uma grande perda no sábado (9/4). O dramaturgo Naum Alves de Souza – de peças como “Aurora da Minha Vida” (1981) e “Um Beijo, um Abraço, um Aperto de Mão” (1984) – morreu em São Paulo, aos 73 anos. O velório ocorreu neste domingo, no Cemitério Gethsemani, na capital paulista.

Além de dramaturgo, Naum também foi diretor, cenógrafo, professor, artista plástico e roteirista. Suas peças já foram estreladas por grandes nomes do teatro brasileiro, como Fernanda Montenegro (em “Dona Doida”), Marieta Severo (em “Cenas de Outono”), Sérgio Britto e Cleyde Yáconis (em “Longa Jornada de um Dia Noite Adentro”), entre outros.

Na Internet e em entrevistas, vários artistas expressaram seu luto pela morte dele. Nathalia Timberg declarou que “o Brasil não sabe o belíssimo artista que perdeu, um homem de teatro incrível”. Juca de Oliveira também ressaltou a “perna enorme” que representa seu falecimento: “o Naum era um dos mais talentosos escritores e diretores do teatro brasileiro. Ele teve uma influência muito grande na dramaturgia do nosso país”.