Estúpido Cupido reestreia com gritos de “fica MinC”

O musical “Estúpido Cupido”, estrelado por Françoise Forton (de “Nós Sempre Teremos Paris”), reestreou no Teatro Vannucci, no Shopping da Gávea, na quinta (12/5), dia em que o Ministério da Cultura deixou de ser uma pasta independente e se fundiu ao Ministério da Educação, por decisão do novo presidente Michel Temer (PMDB). No fim da sessão, o produtor Eduardo Barata não deixou o assunto passar batido e pediu que a plateia gritasse “Fica MinC, fica MinC, fica MinC”, assim, três vezes.

– Não tem como deixar de falar hoje, com o dia intenso que a gente teve no país. A gente poder mostrar alegria e felicidade com “Estúpido Cupido” é muito prazeroso, mas eu queria falar uma coisa: hoje o Ministério da Cultura foi extinto, saiu o decreto. O Ministério da Cultura, que existe há 30 anos, e esse é o ano comemorativo, só foi extinto na ditadura, só não existiu na ditadura. – declarou o produtor, que é presidente da Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro (APTR).