Do dia 24 de setembro a 8 de outubro, várias salas de cinema darão espaço ao aguardado Festival do Rio – Rio International Film Festival. A edição deste ano terá 350 filmes, dos mais variados países, divididos em 22 mostras. O evento mostrará o que foi apresentado em festivais internacionais ao longo do ano, além de longas e curtas inéditos, incluindo brasileiros. O documentário “O Sal da Terra”, de Juliano Ribeiro Salgado e Wim Wenders, abrirá a programação e o filme “Trash – A Esperança Vem do Lixo”, de Stephen Daldry, encerrará.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

São vários os destaques do festival, que este ano terá o Cinépolis Lagoon, na Lagoa, como sede das galas da Prèmiere Brasil. Elas foram transferidas para lá porque o habitual Cine Odeon, no Centro, está fechado para reforma. Outra mudança é a entrada do Cine Joia, em Copacabana, e do Museu da República, no Catete, para o circuito do festival. Mas o Armazém da Utopia, na Zona Portuária, continua como a sede oficial, com o Rio Market, sessões populares e bate-papo gratuito com atores e diretores das produções nacionais.

Mantendo a tradição de homenagear um país por ano, a organização escolheu o México para 2014. Haverá uma mostra especial na programação, com filmes produzidos no país. Será a Foco México, com 13 longas. O destaque é “Cantinflas – A Magia da Comédia”, escolhido para representar o país na corrida por uma vaga na disputa pelo Oscar de Filme Estrangeiro.

"Cantinflas – A Magia da Comédia" é destaque do Foco México (Foto: Divulgação)
“Cantinflas – A Magia da Comédia” é destaque do Foco México (Foto: Divulgação)

Neste ano, haverá ainda o Prêmio Felix, dado a um filme de temática gay. Será a primeira vez que ele será entregue, coincidindo com o fim da mostra Mundo Gay. A organização do festival entendeu que o universo LGBT não é um gênero de produção, nem merece ser tratado com segmentação. Assim, os filmes com essa temática estarão distribuídos pelas diferentes mostras, alcançando públicos diversos, em vez de um nicho específico.

O Teatro em Cena, obviamente, é um site voltado para os espetáculos teatrais. Poucos sabem, mas a página é mantida por um único jornalista, que se dedicará ao Festival do Rio. Por conta disso, o site reduzirá sua frequência e quantidade de atualizações nos próximos dias. Os e-mails enviados para [email protected] também poderão demorar mais para serem respondidos. Os trabalhos serão retomados normalmente ao fim do festival.

No mais, o convite é para aproveitar o Festival do Rio, porque arte é arte e não importa a plataforma. Confira a programação completa aqui!