História de amor e pedofilia, Blackbird reestreia no Espaço Tom Jobim

“Blackbird” volta aos palcos neste mês. Um dos 21 espetáculos mais populares do Teatro em Cena em 2014, ele trata do reencontro de um pedófilo com sua vítima 15 anos após o crime, em um ambiente claustrofóbico. O texto polêmico do escocês David Harrower será apresentado a partir do dia 21 no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico. A temporada vai até 27 de setembro.

(Foto: Victor Damasceno)

(Foto: Victor Damasceno)

Na trama, um homem de 56 anos de idade recebe a visita desconfortável de uma mulher de 27 anos em seu local de trabalho. É a primeira vez que eles se encontram desde que ele foi preso por manter um relacionamento amoroso de três meses com ela, 15 anos antes, quando a jovem era menor de idade. Após cumprir a pena de pedofilia, ele muda de nome e de cidade, e consegue estabelecer uma vida razoavelmente bem sucedida – até que a garota crescida o reconhece em uma revista, descobre seu endereço e vai atrás dele. Os protagonistas são Viviani Rayes (de “Uma Sociedade”) e Yashar Zambuzzi (de “Um Violinista no Telhado”).

OPINIÃO: Blackbird reflete tabu a partir de reencontro de pedófilo e abusada

A peça, que trata de ética, moral e tabu, é inspirada em um caso real de pedofilia. Com este trabalho, David Harrower ganhou o prêmio de revelação no Festival Internacional de Edimburgo em 2005 e o de melhor espetáculo no Laurence Olivier Award em 2007. No Brasil, a montagem é assinada pelo diretor Bruce Gomlevky (de “Um Estranho No Ninho”).

_____
SERVIÇO: sex a sáb, 21h; dom, 20h. R$ 40. 90 min. Classificação: 16 anos. De 21 de agosto até 27 de setembro. Espaço Tom Jobim – Jardim Botânico – Rua Jardim Botânico, 1009 – Jardim Botânico. Tel: 2274-7012.