Foram divulgados todos os nomes do elenco de “Gabriela – O Musical”, a adaptação que vai levar o livro de Jorge Amado (1912-2001) para o teatro. O diretor João Falcão (de “Gonzagão – A Lenda”), responsável pelo projeto, divulgou o time selecionado com uma foto postada no Instagram. São 21 atores, entre nomes conhecidos do público teatral como Leo Bahia (de “Chacrinha – O Musical”). A protagonista, selecionada entre mais de 500 currículos enviados, é a estreante Daniela Blois, uma cantora paraense.

(Foto: Reprodução / Instagram)
(Foto: Reprodução / Instagram)

João Falcão também recrutou parte do elenco de seu último espetáculo para a nova empreitada. Vêm de “Ópera do Malandro” Guilherme Borges, Thomás Aquino e Bruce de Araújo, além do próprio Leo Bahia.

Da esquerda para direita: Guilherme Borges, Thomás Aquino, Bruce de Araújo e Leo Bahia (Fotos: Divulgação)
Da esquerda para direita: Guilherme Borges, Thomás Aquino, Bruce de Araújo e Leo Bahia (Fotos: Divulgação)

Confira a lista completa:
– Daniela Blois
– Mauricio Tizumba (de “Calanga Chico Rei”)
– Ingrid Gaigher (de “Antes Tarde Do Que Nunca”)
– Luisa Vianna (de “The Book of Mormon”)
– Eliane Carmo (de “Quero Ser Ziraldo”)
– Natasha Jascalevich (de “S’imbora, o Musical – A História de Wilson Simonal”)
– Juliana Linhares (de “Cidadela”)
– Isadora Melo
– Tamirys O’hanna (de “A Falecida”)
– Almério
– Danilo Dal Farra (de “O Menino Mais Rico do Mundo”)
– Rafael Lorga (de “Pequeno Quadro Público”)
– Marcel Octavio (de “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”)
– Guilherme Borges (de “Ópera do Malandro”)
– Thomás Aquino (de “Ópera do Malandro”)
– Bruce de Araújo (de “Ópera do Malandro”)
– Bruno Quixotte (de “SamBra”)
– Vinicius Teixeira (de “Godspell”)
– Luciano Andrey (de “Nuvem de Lágrimas”)
– Leo Bahia (de “Chacrinha – O Musical”)
– Frederico Demarca (de “Cidadela”)

Daniela Blois, a Gabriela (Foto: Divulgação)
Daniela Blois, a Gabriela (Foto: Divulgação)

Inédito, o espetáculo tem produção da Caradiboi Arte e Esporte em associação com a Opus Promoções (que administra o Teatro Bradesco Rio). Ele está sendo montado para estreia em maio em São Paulo, mas tem previsão de rodar o país depois, como costuma acontecer com todo musical de João Falcão.

“Gabriela – O Musical” tentará fugir da imagem consagrada de Sônia Braga, que deu vida à personagem na TV e no cinema e virou ícone. Falcão selecionou a protagonista da peça pelo que ela traz de novo. No musical, para começar, a Gabriela vai cantar, e a trilha sonora promete ser eclética.

“Gabriela, Cravo e Canela”, a obra de Jorge Amado, adaptada para o cinema e a TV, é um clássico brasileiro. Lançado em 1958, o livro é descrito como uma crônica de Ilhéus, cidade do interior na Bahia, nos anos 1920, quando ela passava por uma renovação cultural. Na história, a sertaneja Gabriela chega à cidade sem eira nem beira e conquista o coração do sírio Nacib, com quem se casa. Mas ela também conquista todos os outros homens da cidade com seu jeito moleque e sedutora, e põe em xeque a lei que exige que “a desonra do adultério feminino seja lavada com sangue”. Gabriela personifica as mudanças sociais que os moradores estão passando, com a modernização de Ilhéus.

(Foto: Reprodução / Instagram)
(Foto: Reprodução / Instagram)
(Foto: Reprodução / Instagram)
(Foto: Reprodução / Instagram)