Uma nova montagem de “Dorotéia”, de Nelson Rodrigues (1912-1980), está sendo ensaiada para estreia depois do Carnaval. O personagem-título, da prostituta linda que abandona a profissão após a morte do filho, ficará por conta de Letícia Spiller (de “Edypop”), contracenando com Rosamaria Murtinho (de “Sopro de Vida”), que comemorará seus 60 anos de carreira com o espetáculo. A direção é de Jorge Farjalla, da Cia. Guerreiro. O elenco trará também Alexia Dechamps (de “Filha, Mãe, Avó, Puta – Uma Entrevista”), Anna Machado (de “História de Lenços e Ventos”) e Dida Camero (de “A Moça da Cidade”).

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Letícia e Rosamaria em ensaio (Fotos: Reprodução / Instagram)
Letícia e Rosamaria em ensaio (Fotos: Reprodução / Instagram)

Escrita em 1949, “Dorotéia” é considerada a quarta das “peças míticas” do Nelson Rodrigues, justamente as que geraram mais críticas, espantaram mais o público e levaram o dramaturgo a se rotular fundador do teatro desagradável. Na história, uma linda prostituta larga a profissão após a morte do filho e busca abrigo na casa das primas, três viúvas feias, conservadoras e amarguradas. Para ficar lá, no entanto, ela tem que se tornar feia e repudiar os homens.

A estreia está marcada para dia 20 de fevereiro, no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico.