O ator Marco Nanini (de “A Arte e a Maneira de Abordar Seu Chefe Para Pedir um Aumento”) voltará aos palcos cariocas em agosto. Ele contou ao Teatro em Cena que fará uma peça chamada “Beija Minha Lápide”, interpretando o escritor irlandês Oscar Wilde em seus últimos dias de vida. As primeiras temporadas estão agendadas para o Galpão Gamboa e o Teatro Dulcina.

(Foto: Montagem / Reprodução / Internet)
(Foto: Montagem / Reprodução / Internet)

O espetáculo terá dramaturgia e direção do Felipe Hirsch, que é um parceiro de longa data do Nanini. Os dois trabalharam juntos em “Os Solitários”, “A Morte do Caixeiro-Viajante” e “Pterodátilos”. Para a peça nova, Hirsch escreveu o roteiro baseado no livro “O Testamento de Oscar Wilde”, que é um diário fictício, escrito pelo inglês Peter Ackroyd.

“A gente quer mostrar um pouco dessa criatura que foi tão sofrida e tão injustiçada perante suas aptidões. E também que sua obra é espetacular, apesar do preconceito e da opressão da Era Vitoriana”, explicou o ator. Oscar Wilde teve uma carreira brilhante, mas viveu o fim da vida marginalizado, depois de ter sido preso por causa de sua homossexualidade.