Marcelo Aquino (de “O Amor Perdoa Tudo, Inclusive o Casamento”) em dose dupla. Em novembro, o ator apresenta o espetáculo “Meus Duzentos Filhos” em duas temporadas ao mesmo tempo: no Teatro Municipal Maria Clara Machado, na Gávea, e no Midrash Centro Cultural, no Leblon. A montagem fica às quintas-feiras no Leblon e de sexta a domingo na Gávea. A peça retrata a vida do médico e pedagogo Janusz Korczak (1879-1942), que desenvolveu um método de ensino inovador, mas foi morto em um campo de extermínio nazista, junto com seus 200 educandos, órfãos.

(Foto: Thiago Sacramento)

A peça é de Miriam Halfim e tem direção de Ary Coslov (de “IVANOV”). Ele se envolveu no projeto ao se fascinar pela vida de Janusz Korczak e seu potencial de impacto no espectador. “Uma história que não deve ser esquecida”, diz. Ele destaca também a importância de apresentar essa história no atual panorama político.

– A ameaça do totalitarismo está presente nos dias atuais, com tudo de nocivo que isso pode provocar no comportamento do ser humano. É lamentável que o homem não tenha assimilado como deveria as lições deixadas pelo combate ao nazismo. “Meus duzentos filhos” é, entre outras coisas, um contundente sinal de alerta – completa Coslov.

O método de ensino de Janusz Korczak ficou conhecido como “Pedagogia do Amor” e influenciou pensadores importantes, como Paulo Freire e Jean Piaget. Ele dizia que “não existem crianças, existem pessoas” e buscava assegurar uma infância despreocupada mas com obrigações e experimentações para que pudessem tirar conclusões por si mesmas.

_____
SERVIÇO 1: qui, 20h30. R$ 40. Classificação: 12 anos. Até 13 de dezembro. Midrash Centro Cultural – Rua General Venâncio Flores,184 – Leblon. Tel: 2239-1800.
_____
SERVIÇO 2: sex e sáb, 21h; dom, 19h. R$ 40. 75 min. Classificação: 12 anos. Até 25 de novembro. Teatro Municipal Maria Clara Machado – Avenida Padre Leonel Franca, 240 – Gávea. Tel: 2274-7722.