“A cultura é a expressão e a força maior de todas as pessoas. Ainda hoje, entretanto, grande parte da população brasileira está impedida de participar da vida cultural de suas cidades pela falta de acessibilidade física e na comunicação” – com essa declaração a escritora Claudia Werneck sintetiza o propósito do espetáculo “Um Amigo Diferente?”. Adaptado de um dos seus livros, o musical infantil estreará no Teatro Ipanema, no dia 25, com entrada franca e acessibilidade total. Isso significa intérprete de Libras, legenda eletrônica, audiodescrição, visita guiada ao cenário, reserva de assentos para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, atendimento prioritário a pessoas com deficiência, e folder em braile, em letra ampliada e em meio digital. Tudo isso em absolutamente todas as sessões.

(Foto: Paulo Rodrigues)
(Foto: Paulo Rodrigues)

“Um Amigo Diferente?” detém o título de ser o primeiro espetáculo brasileiro voltado para a infância e a juventude com todos os recursos de acessibilidade. A primeira montagem foi apresentada em 2011, em parceria com a ONG Escola de Gente, de Claudia Werneck. A iniciativa foi de sua filha, Tatá Werneck, que mais tarde se tornou sensação nacional. Tatá fundou o grupo Os Inclusos e os Sisos – Teatro de Mobilização Pela Diversidade, que atualmente está em sua sétima geração.

Na nova montagem, assinada por Marcos Nauer (ator de “Qualquer Gato Vira-Lata Tem Uma Vida Sexual Mais Sadia Que a Nossa”), o elenco é diferente, mas a proposta é a mesma: teatro inclusivo. Na história, Lucas é um menino de nove anos que sempre foi considerado esquisito pelos vizinhos e colegas de classe. Seu grande sonho é ser um astro do rock. Na véspera do seu aniversário, o irmão mais velho o desafia a conseguir dois amigos, em troca de seu álbum de figurinhas. Lucas topa o desafio e, com a ajuda de seu fiel gato Bandidão, vai tentar de todas as formas encontrar a verdadeira amizade. No percurso desta aventura, o menino descobre que quanto mais diferentes são as pessoas, mais divertida é a vida.

Diretor Marcos Nauer com elenco (Foto: Paulo Rodrigues)
Diretor Marcos Nauer com elenco (Foto: Paulo Rodrigues)
(Foto: Paulo Rodrigues)
(Foto: Paulo Rodrigues)

Arthur Ienzura (de “Meu Nome É Ernesto”), Bruno Nunes (de “The Book of Mormon”), João Canedo (de “A Culpa Não É Das Estrelas”), Marina Mota, Suzana Felske (de “O Reino da Gataria”), Paulo Ricardo (de “Com o Rio na Barriga”) e Stephanie Goebbels (de “Gota D’Água”, do CEFTEM) formam o elenco. Deborah Marins (de “Chapeuzinho Vermelho – Como Você Nunca Viu”) e André Vieri (de “Tim Maia – Vale Tudo, O Musical”) são stand in.

A temporada vai de 25 de outubro a 14 de dezembro no Teatro Ipanema, com sessões sábados e domingos às 16h. A classificação é livre e a recomendação é para crianças acima de cinco anos. A entrada é franca, mas é bom ficar atento à capacidade do teatro: 222 lugares. As visitas ao cenário (para cegos) serão realizadas 30 minutos antes de cada sessão.