O 3º Prêmio Cesgranrio foi uma noite especial para bastante gente, mas uma emoção à parte para a atriz Nathalia Timberg, escolhida como homenageada desta edição. No meio da cerimônia, os apresentadores Claudia Raia e Marcos Caruso introduziram um longo vídeo no telão, com parte do tributo. Na gravação, artistas como Wolf Maya e Bibi Ferreira, parceiros profissionais da atriz, deram depoimentos sobre ela. A própria Nathalia, também, relembrou momentos pontuais de sua carreira.

(Foto: Leonardo Torres)
(Foto: Leonardo Torres)

A artista de 86 anos disse que não é atriz por necessidade de exibição, ela é atriz “apesar da exibição”. Segundo ela, sua necessidade é de expressão, e são atores com necessidade de expressão que ela busca na vida. Muito emocionada quando subiu no palco para fazer o discurso de agradecimento, Nathalia disse que se sente no meio da estrada ainda – embora não esteja mais na metade da vida. Ela falou que não entende ser homenageada por seu trabalho, mas se sente muito feliz e honrada. Depois, se perdeu no próprio raciocínio e as lágrimas dominaram. Foi Claudia Raia quem a amparou, e a plateia, que já a havia aplaudido de pé antes, tornou a fazer o mesmo.

(Foto: Leonardo Torres)
(Foto: Leonardo Torres)
(Foto: Leonardo Torres)
(Foto: Leonardo Torres)
(Foto: Leonardo Torres)
(Foto: Leonardo Torres)
(Foto: Leonardo Torres)
(Foto: Leonardo Torres)

Nathalia Timberg, além do título de homenageada do ano, recebeu também uma menção honrosa do Cesgranrio, dada para um grupo seletíssimo de personalidades. Carlos Alberto Serpa, presidente da Fundação Cesgranrio, entregou pessoalmente.

Nesta semana, a atriz inaugurará o Teatro Nathalia Timberg, na Barra da Tijuca, com a estreia da peça “33 Variações”, ao lado de Wolf Maya. É dele o teatro e a ideia de montar esse espetáculo ao lado dela, homenageando a amiga.

VEJA MAIS:
– Fotos dos artistas no tapete vermelho!
– Lista completa de vencedores