“Hamlet ou Morte!” está com temporada prorrogada no Teatro Fashion Mall, em São Conrado, até 1º de novembro. Já é a 4ª temporada do espetáculo, que surgiu originalmente como um esquete de universitários para o 4º FESTU-Rio, com o objetivo de contar a história de “Hamlet”, de William Shakespeare (1564-1616), em dez minutos. Deu certo. Eles ganharam cinco prêmios e, com o dinheiro, transformaram o esquete em um espetáculo de uma hora. Lá se vai mais de um ano e meio desde o festival, e sete meses em cartaz. Para o elenco, o sucesso é a confirmação de que a ideia era mesmo boa. “Desde o processo de ensaio, acreditávamos que seria uma peça para seguir carreira. Tudo convergia para que desse certo: o caráter atemporal e popular das obras de Shakespeare, a maestria de Adriana Maia na adaptação e a vontade e o talento do grupo para fazer rir pessoas de todas as idades”, Yuri Ribeiro, eleito melhor ator do ano naquele festival, conta ao Teatro em Cena.

(Foto: Thais D'Castro)
(Foto: Thais D’Castro)

No espetáculo, além de “Hamlet”, eles trabalharam com “Sonho de uma Noite de Verão”, “Medida Por Medida”, “Noite de Reis”, “Como Gostares”, “Os Dois Cavalheiros de Verona” e “As Alegres Mulheres de Windsor”. A proposta do grupo Os Trágicos (é esse o nome pelo qual atendem os vitoriosos do FESTU) é contemplar o olhar popular, simples e direto da obra de Shakespeare, para aproximar o público dos textos clássicos – nomezinho que acaba assustando muita gente. Na história, ambientada na Inglaterra elisabetana, quatro homens são condenados à morte, mas podem se salvar se apresentarem um espetáculo para a rainha e ela gostar. O texto escolhido é uma história fascinante “de um tal de Will Shakespeare”. Daí, “Hamlet ou Morte!”.

Foram quatro temporadas em quatro teatros diferentes até agora. Yuri, Diogo Fujimura, Gabriel Canella, Mathias Wunder e Pedro Sarmento estão super felizes com a receptividade do público e a atenção da mídia. Mas também houve alguns momentos complicados, por ser a primeira produção d’Os Trágicos. “Para contenção de despesas, nós mesmos fazemos o trabalho pesado de montagem e desmontagem, tanto de luz quanto de cenário. Mas toda dificuldade nos faz aprender. Fizemos parcerias com revistas, blogs, páginas no Facebook e até promessa para encher o teatro”, brinca Yuri. “De uma coisa, nós temos certeza: não se faz teatro sem grana, amigos e parceiros”.

(Foto: Thais D'Castro)
(Foto: Thais D’Castro)

Os sete meses em cartaz, seja em temporada ou viajando, também aperfeiçoaram o trabalho deles com esse espetáculo. “Quem assistiu à primeira temporada, na Sede das Cias, certamente verá uma peça melhor agora, e dará muito mais gargalhadas”. Entusiasmados, já fazem planos para 2016, quando pretendem continuar em cartaz com “Hamlet ou Morte!”. “É impressionante como o espetáculo sempre pode se refinar com a resposta da plateia e nada é mais gostoso do que contar sempre a mesma história e ser sempre diferente e delicioso”, aponta Yuri.

_____
SERVIÇO: sex e sáb, 21h30; dom, 20h. R$ 60 (sex) e R$ 80 (sáb e dom). 85 min. Classificação: 12 anos. Até 1º de novembro. Teatro Fashion Mall – Shopping Fashion Mall – Estrada da Gávea, 899, 2º piso – São Conrado. Tel: 2422-9800.