O musical “Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro” recebe, nesta sexta (26/10), 60 moradoras das favelas do Acari e da Rocinha no Teatro Carlos Gomes, na Praça Tiradentes. A maioria delas nunca esteve em um teatro antes. A iniciativa é da ONG Favela Mundo, em comemoração ao Outubro Rosa, campanha de conscientização sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama.

(Foto: Divulgação)

As mulheres são todas alunas dos cursos de capacitação fornecidos pela organização, que atende mais de 900 pessoas. “Nossas alunas tiveram as vidas transformadas após os cursos de capacitação profissional do projeto ‘A Arte Gerando Renda’. Essas mulheres tiveram vidas cheias de obstáculos e barreiras, como a de dona Ivone Lara”, pontua Marcelo Andriotti, diretor da Favela Mundo.

O espetáculo conta a história de Ivone Lara e sua luta contra o preconceito e o machismo para conquistar seu espaço na história do samba e do Carnaval carioca. No início, ela não podia assinar as próprias músicas, porque era impensável ter uma mulher na ala dos compositores das escolas de samba. Desse jeito, ela usava um primo como testa-de-ferro. Mais tarde, quando ela decidiu assumir-se compositora, também teve que enfrentar a resistência do marido, preocupado com o que os outros iriam pensar.

_____
SERVIÇO: sex e sáb, 19h; dom, 17h. R$ 40 (balcão) e R$ 80 (plateia). Até 25 de novembro. Teatro Municipal Carlos Gomes – Praça Tiradentes, s/n – Centro. Tel: 2224-36022.