O espetáculo “Para os Que Estão Em Casa”, escrito e dirigido por Leonardo Netto (de “Conselho de Classe”, como ator), está com duas temporadas encaminhadas. Ele fará duas semanas de apresentações no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana, a partir do dia 16 de abril, e uma temporada no Espaço Cultural Sérgio Porto, no Humaitá, a partir do dia 15 de maio. A peça fala sobre o impacto da comunicação digital, intermediada por aparelhos, nas relações humanas: todo mundo sempre em contato, mas sem se ver pessoalmente nunca.

Relações humanas cada vez mais intermediadas por aparelhos tecnológicos (Foto: Vicente de Mello)
Relações humanas cada vez mais intermediadas por aparelhos tecnológicos (Foto: Vicente de Mello)

O texto é inspirado no filme “Denise Está Chamando” (1995), que mostra um grupo de amigos conectados pelo telefone, com suas vidas passando, sem nunca terem tempo para se verem. “Essa era digital e o fato das pessoas estarem se isolando através da Internet era uma coisa muito nova na época do filme, e hoje é um assunto muito atual”, diz a atriz Isabel Lobo (de “O Grande Circo Místico”), que faz parte do elenco. “Eu vi o projeto nascer com o Léo em uma viagem há uns três anos e acho de suma importância falar sobre isso, porque é uma tendência. Estamos cada vez mais caminhando para isso: ficarmos muito sozinhos”.

OPINIÃO: “Para os Que Estão em Casa” faz rir ao retratar relações contemporâneas

A primeira temporada do espetáculo aconteceu no Espaço Sesc, em Copacabana. Além de Isabel, o elenco era composto pelos seguintes nomes: Renato Livera (de “Cachorro Quente”), Adassa Martins (de “Temporada de Verão”), Ana Abbott (de “Amores”), Beatriz Bertu (de “Cinema”), Cirillo Luna (de “Caso a Caso”) e João Velho (de “Edypop”).