Foi preciso apenas um ano, e um trabalho específico, para que Paulo Gustavo deixasse de ser um fenômeno teatral e sensação da TV paga para se tornar queridinho das massas. O responsável pelo salto na carreira, claro, foi “Minha Mãe É Uma Peça – O Filme”, dirigido por André Pellenz, adaptado da peça de teatro homônima. A comédia foi a produção brasileira mais vista de 2013 e alçou o ator ao posto de ícone pop. Dona Hermínia virou sensação e, com ela, seu intérprete. Para manter o nível e o status, Paulo Gustavo está cheio de cartas na manga.

Na pele de Dona Hermínia em "Minha Mãe É Uma Peça - O Filme" (Foto: Divulgação)
Na pele de Dona Hermínia em “Minha Mãe É Uma Peça – O Filme” (Foto: Divulgação)

Uma sequência de “Minha Mãe É Uma Peça”, como se sabe, está encaminhada. Na indústria do cinema nacional, tão arriscada e incerta, é sempre preferível apostar em uma marca conhecida. Assim, “Minha Mãe É Uma Peça 2” era inevitável depois dos 4,6 milhões de ingressos vendidos para o primeiro longa. Chegou-se a anunciar a estreia do segundo filme para dezembro, mas a assessoria do ator informou ao Teatro em Cena que ainda não há data para o início das filmagens. Assim, talvez o lançamento fique para 2015.

Tudo bem, porque Paulo Gustavo vai aparecer de qualquer jeito neste ano. O canal Multishow não pretende abrir mão de sua galinha dos ovos de ouro. Além de confirmar uma 2ª temporada do programa “Vai Que Cola”, gravado em um palco, com plateia, à la “Sai de Baixo”, o canal pago também vai lançar o reality show “Paulo Gustavo Na Estrada”. O programa, previsto para 8 de abril, terá 13 episódios e acompanhará as viagens do comediante com as turnês das peças “Hiperativo” e “Minha Mãe É Uma Peça”, que continuam lotando teatros. Um trailer divulgado na Internet promete aparições da presidente Dilma Rousseff e do cantor Caetano Veloso.

Paulo Gustavo em cena do reality show "Na Estrada". (Crédito: Páprica Fotografia)
Paulo Gustavo em cena do reality show “Na Estrada”. (Foto: Páprica Fotografia)

Não para por aí. O ator também está no elenco da adaptação cinematográfica do monólogo teatral “Os Homens São de Marte… E É Pra Lá Que Eu Vou”, da Mônica Martelli. O filme, rodado no fim do ano passado, tem estreia marcada para 30 de maio. Uma das fotos promocionais mostra Paulo com uma peruca de tom mais claro, ao lado do ator Marcos Palmeira.

Para terminar, há ainda “220 Volts”. O programa, que revelou Paulo Gustavo no Multishow, também vai virar filme, de acordo com sua assessoria. Os detalhes ainda são incertos, mas as filmagens estão previstas para o fim do ano. Ele não para.

Marcos Palmeia e Paulo Gustavo nos bastidores de "Os Homens São de Marte... E É Pra Lá Que Eu Vou" (Foto: Divulgação)
Marcos Palmeia e Paulo Gustavo nos bastidores de “Os Homens São de Marte… E É Pra Lá Que Eu Vou” (Foto: Divulgação)