Duas semanas após os ataques racistas sofridos por Taís Araújo (de “O Topo da Montanha”) no Facebook, estreia no Rio de Janeiro um espetáculo que trata justamente do racismo. “Race”, obra do americano David Mamet (de “Oleanna”), chega ao palco do Teatro Poeirinha, em Botafogo, na próxima sexta (13/11) para temporada de um mês. A peça mostra os bastidores da construção da defesa de um homem branco, que procura os sócios advogados, um negro e um branco, para inocentá-lo no caso de estupro a uma jovem negra.

(Foto: Bruno Veiga)
(Foto: Bruno Veiga)
(Foto: Bruno Veiga)
(Foto: Bruno Veiga)

O elenco é formado por Gustavo Falcão (de “Garagem”), Heloisa Jorge (de “O Fino do Samba”), Luciano Quirino (de “Jair em Disparada, o Musical”) e Yashar Zambuzzi (de “Blackbird”), com direção de Gustavo Paso (de “Oleanna”). Em cena, seus personagens bons de lábia e raciocínio apontam bons argumentos para todos os lados, o que deixa nas mãos do público a definição de quem tem razão. O material de divulgação da peça diz que ela reflete o “racismo que parte de todos os lados da sociedade, inclusive entre a mesma raça”.

“Race” é a segunda obra da trilogia de Mamet montada pela CiaTeatro Epigenia, depois de “Oleanna”. O grupo pretende montar, no ano que vem, a última parte da trilogia, com “Speed-the-Plow”, que terá o título de “Hollywood” por aqui. O objetivo de trazer as três obras de Mamet para o país é discutir temas contemporâneos e rever ideias e conceitos.

_____
SERVIÇO: qui a sáb, 21h; dom, 19h. R$ 50. 75 min. Classificação: 14 anos. Até 20 de dezembro. Teatro Poeirinha – Rua São João Batista, 104 – Botafogo. Tel: 2537-8053.