Peça Hilda e Freud ganha mais um fim de semana em cartaz

O espetáculo “Hilda e Freud” prorrogou um pouquinho sua temporada no Teatro Maison de France, no Centro. Ao invés de sair de cartaz no fim de semana passado, como previsto, a peça faz apresentações até o próximo domingo (3/4). Atendendo a pedidos, a produção esticou a temporada para mais um fim de semana, com sessões sexta e sábado às 20h e domingo às 18h. No elenco, estão Bel Kutner (de “Oportunidade Rara”) e Antonio Quinet (da Cia. Inconsciente em Cena).

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Prato cheio para psicanalistas, o espetáculo se baseia nos relatos da poetisa americana Hilda Doolittle (1886-1961) sobre suas sessões de psicanálise com Sigmund Freud (1856-1939). Elas aconteceram em Viena nos anos 30, durante a ascensão do nazismo, e ficaram registradas no diário e na correspondência da escritora. Esse relato é considerado um dos mais importantes de pacientes de Freud sobre a prática do fundador da psicanálise.

Antonio Quinet assina o texto da peça, que também virou livro. Na penúltima apresentação da temporada, no sábado (2/4), haverá uma sessão de autógrafos da obra no foyeur do teatro. Ela faz parte da coleção “Psicanálise na Cena”, que possui outros quatro livros. Quinet pesquisa a relação do teatro com a psicanálise há anos na Cia. Inconsciente da Cena, com intenção de tornar as descobertas da psicanálise mais acessíveis ao grande público.

Esse espetáculo foi primeiramente apresentado em Londres, a convite do Freud Museum, e também já fez temporada na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. No Maison de France, ficou em cartaz todo o mês de março e ganha mais essas sessões no fim de semana.

_____
SERVIÇO: sex e sáb, 20h; dom, 18h. R$ 60. 60 min. Classificação: 12 anos. Até 3 de abril. Teatro Maison de France – Avenida Presidente Antônio Carlos, 58 – Centro. Tel: 2544-2533.