Com tantas peças em homenagem ao Chico Buarque ocupando os teatros cariocas, não deixa de ser uma contramão qualquer espetáculo que homenageie outra pessoa. Mas a coreógrafa alemã Pina Bausch também terá sua vez, graças à Hospedaria Cia. de Teatro, que estreará o espetáculo “Philippine, uma Peça Para Pina Bausch” na próxima sexta (2/4), no Espaço Sesc, em Copacabana.

(Foto: Clayton Leite)
(Foto: Clayton Leite)

Apresentado como um projeto híbrido, que mistura vídeos, sons, imagens e fragmentos de discurso ao trabalho corporal, “Philippine” coloca o ator em permanente estado de experimentação para a criação de uma cena autoral. Embora o texto seja mínimo, não se trata de um espetáculo de dança. Tampouco de uma peça biográfica ou sobre as obras da coreógrafa.

O diretor João Marcelo Pallottino (de “Silêncio/Inferno”) explica melhor: “Pina Bausch, em seu processo criativo, perguntava aos seus bailarinos e eles dançavam como resposta. Nós perguntaremos sobre a sua dança e responderemos através do teatro”. Ele trabalhou com os atores Ana Amélia Vieira, Flávio Pardal, Leandro Fernandes (todos de “Silêncio/Inferno”), Evandro Manchini (de “Um-Fausto”), Ricardo Grings (de “Esperando Godot”) e Symone Strobel (de “A Religiosa”) neste trabalho.

A temporada terá sessões de sexta a domingo, e ficará em cartaz até o dia 25 de maio.

Serviço
Espaço Sesc
Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana. Telefone: 2547-0156.
Dias e horários: sex e sáb, às 19h; dom, às 18h.
Ingresso: R$ 20 (e R$ 5 para comerciários).
Duração: 50 min.
Classificação: 14 anos.