O espetáculo “Pulsões”, inspirado no trabalho da psiquiatra Nise da Silveira, motivou um ciclo de debates no Teatro Poeira, onde está em cartaz, em Botafogo. Acontecerá sempre às quintas, logo após a encenação, com a presença dos atores Fernanda de Freitas (de “O Desaparecimento do Elefante”) e Cadu Fávero (de “Não Vamos Pagar”). O primeiro encontro recebeu o psicanalista e filósofo André Martins. Os próximos convidados serão Martha Pires Ferreira, estudiosa do trabalho de Jung e Nise, e o escritor e psicoterapeuta Lula Wanderley, respectivamente nos dias 30 de julho e 6 de agosto.

(Foto: Victor Hugo Cecatto)
(Foto: Victor Hugo Cecatto)

A ideia dos debates foi da diretora Kika Freire, que convidou a psicanalista e pesquisadora Dra. Hélia Borges para a curadoria. O tema por trás dos encontros é sempre “O amor e a loucura”, o que tem a ver com a crença de Nise da Silveira de que “só o amor salva alguém da loucura”. Ela também escreveu que “sem a relação de uma pessoa com a outra não há cura possível”.

Na peça, escrita por Dib Carneiro Neto (de “Crônica da Casa Assassinada”), um maestro e uma bailarina alternam momentos de amor e loucura. Eles expressam seus sentimentos por meio da música e da dança, com a ameaça constante da perda da memória. “Para tudo tem que ter imite, mesmo que seja como forma de proteção. Mas quando a gente se apaixona, chegamos à beira da loucura. Já o amor, é mais leve, mais bailarina”, aponta Fernanda de Freitas.

_____
SERVIÇO: qui a sáb, 21h; dom, 19h. R$ 40 (poleiro), R$ 60 (qui e sex plateia) e R$ 80 (sáb e dom plateia). 60 min. Classificação: 14 anos. Até 30 de agosto. Teatro Poeira – Rua São João Batista, 104 – Botafogo. Tel: 2537-8053.