O musical “As Bodas de Fígaro”, com Solange Badim (de “Emilinha e Marlene – As Rainhas do Rádio”) e Ernani Moraes (de “Academia do Coração”) no elenco, faz suas primeiras apresentações neste fim de semana. Elas são fechadas para convidados. A temporada do espetáculo, dirigido por Daniel Herz (de “A Importância de Ser Perfeito”), será iniciada e aberta ao público no dia 22, com apresentações marcadas até 8 de fevereiro Casa de Cultura Laura Alvim, na Praia de Ipanema.

Ernani Moraes e Solange Badim são conde e condessa no musical (Foto: Paula Kossatz)
Ernani Moraes e Solange Badim são conde e condessa no musical (Foto: Paula Kossatz)

No espetáculo, Badim e Moraes interpretam a condessa e o conde de Almaviva. A trama, que é uma sátira aos hábitos da nobreza europeia no século XVIII, se passa no castelo do casal, no dia do casamento dos criados Fígaro (Leandro Castilho, de “O Barbeiro de Ervilha”) e Suzana (Carol Garcia, de “Casório”). A felicidade dos noivos está ameaçada com o “direito de pernada” ou o “direito da primeira noite”, que permitia ao senhor feudal usufruir do leito de suas criadas antes de seus maridos. Para manter Suzana longe dos assédios de seu patrão, Fígaro precisa colocar em prática uma série de artimanhas provocando mal-entendidos, situações cômicas e revelações inesperadas.

“As Bodas de Fígaro” foi escrita por Pierre-Augustin Caron de Beaumarchais no fim do século XVII, originalmente para o teatro. Depois, a comédia foi transformada em ópera por Mozart. Na montagem vista no Rio, idealizada por Daniel Herz e Leandro Castilho, vê-se um musical inspirado nessas duas obras – a peça e a ópera. As canções de Mozart são cantadas e tocadas pelo próprio elenco com piano, flauta, viola caipira, saxofone, acordeão e outros instrumentos de percussão. Eles, claro, não disfarçam: houve um encontro de Mozart com ritmos brasileiros, como samba, baião, maracatu e ciranda.

Elenco toca instrumentos ao vivo em cena (Foto: Paula Kossatz)
Elenco toca instrumentos ao vivo em cena (Foto: Paula Kossatz)

No elenco, estão ainda Adriano Saboia (de “Veio do Tempo”), Alexandre Dantas (de “Amor Confesso”), Carolina Vilar (de “A Teia”), Claudia Ventura (de “Amor Confesso”), Ricardo Souzedo (de “Os Mamutes”) e Tiago Herz (de “A Menina e o Vento”). A direção musical é de Leandro Castilho.

SERVIÇO
Casa de Cultura Laura Alvim – Av. Vieira Souto, 176 – Ipanema. Tel: 2332-2016.
Dias e horários: sexta e sábado às 21h, domingo às 20h.
Ingresso: R$ 40.
Classificação: 12 anos.
Até 8 de fevereiro.