Suzana Faini emenda mais uma peça: “estou tendo essa sorte”

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Comemorando 50 anos de carreira, a atriz Suzana Faini (de “Família Lyons”) está em plena atividade. Ela vai celebrar o número redondo com um novo espetáculo, “O Como e o Porquê”, que estreia no dia 31 de março no Teatro Sesc Ginástico, no Centro. Por uma dessas coincidências do destino, foi nesse mesmo teatro que ela fez seu primeiro trabalho como atriz, com “Oh, Que Delícia de Guerra!”. Emoções à parte, não há tempo para nostalgia. Só trabalho.

Nos últimos anos, Suzana vem emendando um espetáculo teatral em outro – sempre aclamada pela crítica. Fez “Silêncio!” e venceu os prêmios Cesgranrio e FITA. Em seguida, atuou em “Família Lyons” e recebeu indicações aos prêmios Cesgranrio, Shell e APTR. “Estou tendo essa sorte. Sou realmente privilegiada. Gostei muito das indicações! Estou me acostumando! (risos)”, diz ao Teatro em Cena, nos bastidores do Prêmio Shell, nesta semana. A atriz, aliás, só foi à cerimônia porque estava indicada. A rotina de ensaios para a peça nova está bastante cansativa. “Seria muito grosseiro da minha parte não estar aqui, mas estou ensaiando muito”.

No espetáculo novo, ela interpretará uma bióloga conceituada, vencedora do prêmio mais importante da ciência por sua “Teoria da Avó”. A personagem defende a menopausa como uma vantagem evolutiva para os seres humanos. Mas sua tese é confrontada por uma estudante de pós-graduação que credita a evolução da mulher à capacidade de expulsar vírus e bactérias por meio da menstruação. Na trama, as duas se encontram e têm muito para debater, claro.

“Somos só duas atrizes, eu e Alice Steinbruck, que é a produtora, que adquiriu os direitos. É muito texto, e texto difícil, porque são cientistas, então é uma linguagem muito específica. Não posso errar e botar um sinônimo no lugar, porque não tem nada a ver”, explica Suzana, dirigida por Paulo de Moraes (de “Inútil a Chuva”) nesta peça, apresentada pela primeira vez na América Latina. Trata-se de um texto da americana Sarah Treem, criadora da série de TV “The Affair” e roteirista de “In Treatment”.

_____
SERVIÇO: qui a sáb, 19h; dom, 18h. R$ 20 (ou R$ 5 para sócios do Sesc). 80 min. Classificação: 16 anos. De 31 de março até 1º de maio. Teatro Sesc Ginástico – Avenida Graça Aranha, 187 – Centro. Tel: 2279-4027.