Entrevista

Rodrigo Portella, o cara do momento

37 mins read

Diretor de “Tom na Fazenda” e “Insetos”, e vencedor dos prêmios Shell e Cesgranrio (entre outros!) neste ano, Rodrigo Portella conta sua história de Três Rios para o mundo. “Eu tenho uma meta agora que é a carreira internacional. Quero abrir campo fora do país. É mais do que um sonho, é uma meta: é uma coisa que eu vou fazer”, conta.

Papo de Artista

Galharufa – Por Giuseppe Oristanio

4 mins read

“Quando comecei a fazer teatro, em 1972, eu era pré-adolescente. Nessa época, o único documento que um artista possuía era uma carteirinha da Polícia Federal. Essa carteirinha era dada aos artistas e às prostitutas, com todo respeito às prostitutas por andarem com gente como nós – os artistas”.