O espetáculo “Um Estranho No Ninho”, protagonizado e co-produzido por Tatsu Carvalho (de “Timon de Atenas”), tem novidades. Com o fim da temporada no Centro Cultural Justiça Federal (CCJF), no domingo (3/7), ele passará a ser apresentado no Teatro Poeira, em Botafogo. É lá que a peça fará sua segunda temporada, entre 7 de maio e 7 de junho, com sessões de quinta a domingo.

(Foto: Felipe Diniz)
(Foto: Felipe Diniz)

A história gira em torno do prisioneiro R.P. McMurphy, que se finge de louco para ser transferido para uma instituição psiquiátrica e assim escapar dos trabalhos braçais da cadeia. Uma vez internado, ele rapidamente se enturma com os pacientes e se torna uma espécie de líder deles, questionando as regras impostas pela enfermeira chefe, sem imaginar o preço que pagará por desafiar o poder.

O elenco de 16 atores já confere a “Um Estranho No Ninho” o status de uma produção de grande porte. Esse é um projeto do ator Tatsu Carvalho, que adquiriu os direitos do texto de Dale Wasserman (de “O Homem de la Mancha”) e vinha há anos tentando captar para a montagem. Não é segredo que ele investiu do próprio bolso para a realização da montagem, que vem agradando público e crítica na cidade.

OPINIÃO: Um Estranho No Ninho prova sua atemporalidade

O nome do espetáculo não deixa dúvidas: tem a ver com o filme estrelado por Jack Nicholson, que em 1975 se tornou o primeiro em 41 anos a vencer as cinco maiores categorias do Oscar: ator, atriz, diretor, roteiro (adaptado) e filme. Mas a peça não é uma adaptação do longa-metragem. Na verdade, tanto a versão teatral quanto a cinematográfica são baseadas no livro “One Flew Over the Cuckoo’ Nest”, de Ken Kesey. A montagem original da Broadway, aliás, é anterior ao filme: data de 1963, com Kirk Douglas e Gene Wilder no elenco.

“Todo mundo conhece o filme, lógico, mas a gente quis fazer com a nossa cara, até porque essa peça nunca foi montada no Brasil”, diz ator

No Brasil, o elenco é formado por Helena Varvaki (de “O Diário de Anne Frank”), Charles Asevedo (de “Timon de Atenas”), Felipe Martins (de “Macbeth”), Henrique Gottardo (de “Timon de Atenas”), Hylka Maria (de “Pedaços de Mim”), Isaac Bardavid (de “A Comédia dos Erros”), Junior Prata (de “Timon de Atenas”), Lorena Sá Ribeiro (de “Timon de Atenas”), Marcelo Morato (de “Timon de Atenas”), Rafael Oliveira (de “Meu Pequeno Príncipe”), Ricardo Lopes, Ricardo Ventura (de “O Homem Travesseiro”), Tatiana Muniz (de “O Ensaio Sobre a Cegueira”), Vitor Thiré (de “Deu Branco”) e Zé Guilherme Guimarães (de “Silêncio!”). A direção é assinada por Bruce Gomlevsky (de “Timon de Atenas”).

_____
SERVIÇO: qui, 20h, sex e sáb, 21h; dom, 19h. R$ 80. 130 min. Classificação: 14 anos. De 7 de maio a 7 de junho. Teatro Poeira – Rua São João Batista, 104 – Botafogo. Tel: 2537-8053.