A apresentadora Xuxa Meneghel participou da estreia VIP de “Chacrinha – O Musical”, no Teatro João Caetano, na Praça Tiradentes, na noite de quarta (19/11). Ela foi convidada pela produção para se apresentar em um bloco extra do espetáculo, cantando “Ilariê”, acompanhada de quatro “paquitas”. Foi uma homenagem à sua primeira apresentação no “Cassino do Chacrinha”.

Xuxa com elenco do espetáculo no camarim (Foto: Reprodução / Felipe Panfili/ Ag. News)
Xuxa com elenco do espetáculo no camarim (Foto: Reprodução / Felipe Panfili/ Ag. News)

Leleco Barbosa, filho do Velho Guerreiro, lembrou que ele sempre dizia que, quando morresse, sua substituta seria Xuxa. Visivelmente emocionada, ela embarcou em uma sessão nostalgia assistindo à peça, cercada de sua equipe no camarote do teatro. A apresentadora só entrou e se sentou quando as luzes já estavam apagadas, para evitar tumulto, mas não conseguiu escapar do assédio no intervalo. Fãs e fotógrafos tentavam se aproximar, enquanto ela chamava pelo Russo – ex-assistente de palco da TV Globo, que estava no local e com quem ela queria conversar. Ela ficou particularmente tocada com o reencontro.

Russo e Xuxa Meneghel: reencontro no Teatro João Caetano (Foto: Reprodução / Instagram Xuxa)
Russo e Xuxa Meneghel: reencontro no Teatro João Caetano (Foto: Reprodução / Instagram Xuxa)

Outra que chamou a atenção na sessão para convidados foi a ex-jurada do “Cassino” Elke Maravilha. De qualquer lugar do teatro, era possível ouvir sua risada alta durante a encenação. Em dado momento, ela também foi convidada a subir no palco, e se rasgou em elogios ao Stepan Nercessian (que faz o Chacrinha) e à atriz Mariana Gallindo (que faz a Elke). “Ela tá muito melhor do que eu! O chifre é maior. A aluna tem que superar a mestre!”. Com Mateus Ribeiro (intérprete do Pedro de Lara), ela brincou e se lembrou dos burburinhos envolvendo os dois ícones do programa de calouros. Foi um show à parte. Ela só se estendeu mais do que devia no fim da noite, nos agradecimentos finais. Stepan teve que interrompê-la, porque as pessoas já estavam deixando o teatro enquanto ela falava, falava, falava…

Na plateia, também estavam Fernanda Montenegro (de “Viver Sem Tempos Mortos”), Boninho e a esposa Ana Furtado, Hugo Bonemer (de “A História dos Amantes”), Grazi Massafera (da novela “Flor do Caribe”), Daniel Filho (diretor dos filmes “Se Eu Fosse Você”), e os escritores Ziraldo e Zuenir Ventura, que estão escrevendo o próximo musical da Aventura Entretenimento. Foi uma verdadeira festa, regada à espumante e algumas guloseimas. Todo mundo saiu satisfeito.

Hugo Bonemer (Foto: Leonardo Torres)
Hugo Bonemer (Foto: Leonardo Torres)
Ana Furtado, Pedro Bial, Maria Prata e Aniela Jordan (Foto: Leonardo Torres)
Ana Furtado, Pedro Bial, Maria Prata e Aniela Jordan (Foto: Leonardo Torres)
Ana Lima e Grazi Massafera: muito assédio na chegada (Foto: Leonardo Torres)
Ana Lima e Grazi Massafera: muito assédio na chegada (Foto: Leonardo Torres)
Elke Maravilha: risadas altas na plateia (Foto: Leonardo Torres)
Elke Maravilha: risadas altas na plateia (Foto: Leonardo Torres)
Ana Furtado (Foto: Leonardo Torres)
Ana Furtado (Foto: Leonardo Torres)
Luiz Calainho; sócio da Aventura Entretenimento (Foto: Leonardo Torres)
Luiz Calainho; sócio da Aventura Entretenimento (Foto: Leonardo Torres)